Perfuração de Poços Artesianos

Perfuração de Poços Artesianos
 

Como sabemos, nada sobrevive sem água, por isso mesmo o seu sistema hídrico precisa funcionar efetivamente, seja para uso: 
  • Na lavoura; 
  • Nas criações de animais;
  • Para a sua própria subsistência. 

E é aí que entram os poços artesianos, sendo excelentes sistemas de captação de água para o meio rural. Se você busca mais informações sobre como fazer a perfuração do seu poço artesiano, continue a leitura e informe-se um pouco mais sobre o assunto.

 

Mas, afinal, o que é um poço artesiano?

Um poço artesiano é o meio para obter os recursos hídricos presentes nos sedimentos de rochas e lençóis freáticos subterrâneos. O objetivo é captar água de boa qualidade, que tem características físicas, biológicas e químicas benéficas à saúde. Por isso, ideal para o consumo. 

Localizada geralmente em grandes profundidades, essa água não sofre com a ação direta do ser humano, que poderia poluí-la com: 
  • Dejetos; 
  • Produtos químicos; 
  • Outros tipos de poluentes.

 

Tipos de poços artesianos

Os poços são divididos em três categorias: 
  • Poços artesianos; 
  • Semi-artesianos;  
  • Freáticos.

 

Poço artesiano: as águas saem dele de forma espontânea, pela pressão natural, sendo necessário apenas retirar porções de terra para que a água surja de modo emergente. 

Poço semi-artesiano: a água é captada por meio de equipamentos que fazem o bombeamento, através da vazão estimulada, muito efetivo na captação de água.

Poço freático: também chamado de cisterna, cacimba ou poço caipira, é mais raso que os outros poços e capta a água superficialmente dos lençóis freáticos.

 

O que é necessário para instalar 

Para fazer um poço em sua propriedade, você deve estar atento a algumas condições:
  • Buscar uma empresa registrada e homologada pelo CREA, com atestado de capacidade técnica para o serviço; 

  • Solicitar as autorizações de órgãos estaduais;  

  • Solicitar as autorizações de gestores de recursos hídricos;

  • E demais condições necessárias. 

 

Como é feito o poço 

É necessário observar as condições do terreno para a execução da obra, principalmente para saber quais serão as sondas perfurantes utilizadas: rotativas ou percussoras, além dos fatores estruturais e ambientais. 

A duração da obra é determinada pelo: 
  • Tamanho da obra;
  • Das condições geológicas locais.

 

Em média, a obra dura de 5 a 20 dias para a execução total. 

 

Manutenção do poço artesiano

A avaliação periódica de manutenção preventiva deve acontecer ano a ano ou, no máximo, de 2 em 2 anos, para que a vida útil do poço se prolongue bastante.

Na manutenção, os equipamentos hidráulicos e elétricos serão analisados e testados, e feitas as devidas substituições de cabos, tubos e quadros de comando, executada a manutenção da bomba, se for o caso. Para isso, é importante buscar profissionais experientes, como os da Geodril.